Google+ Followers

domingo, 12 de janeiro de 2014

...VOU VOLTAR PRA PORTUGAL!!!

VINTE MIL VISUALIZAÇÕES...NEM ACREDITO...VOU VOLTAR PRA PORTUGAL!!!

Hoje atingi a incrível marca de VINTE MIL VIZUALIZAÇÕES do meu blog, fiquei tão empolgado com a marca que decidi...Vou voltar a Portugal, isso mesmo.  Hoje mesmo comprei o bilhete aéreo e dessa vez vou pela TAP AIR PORTUGAL, em vôo direto Rio de janeiro até Lisboa.

O prêço em reais subiu mas em euros continua mais ou menos o mesmo da última viagem, ou seja, agora custou R$ 2.150,00 equivalente a  670 euros, mais ou menos.  Em 2011, por exemplo, a passagem aérea custou R$ 1.500,00 que era equivalente a uns 680 euros, mais ou menos.  Levando em consideração a desvalorização do real em relação ao euro no período o prêço se manteve pràticamente estável em euros.

A viagem será iniciada em  09 de abril  com  retorno em 30 de maio.  Vou permanecer,  como das duas vezes anteriores,  a maior parte do tempo em Lisboa mas já  reservei passagem aérea de Lisboa para Munique, indo em 13 de maio e retornando para Lisboa em 26 de maio.

Durante estes 13 dias pretendo visitar 2 ou 3 cidades do leste europeu, como Praga, Budapeste e, certamente, Viena que é um antigo e grande sonho.

A viagem entre Lisboa e Munique  será realizada usando milhas acumuladas em viagens pela IBERIA e tive uma grande decepção.  Enquanto o uso de milhas pelo programa SMILES da GOL, por exemplo,   gera uma pequena taxa por cada reserva, o uso  de AVIOS como as milhas são chamadas no programa IBERIA PLUS gera um prêço um pouco salgado por cada trecho.  Isso me decepcionou.  Eu além de ter usado 48 mil AVIOS pelo trecho de ida e volta para mim e minha esposa,  gastei 248 euros como custos de emissão.  Decepção. Lição.

Então, amigo, se for fazer uma viagem pela IBERIA contando como vantagem o acúmulo de milhas no programa IBERIA PLUS, pense  bem, pois essa vantagem pode se transformar em despesa inesperada.  Não gostei nada desse desembolso imprevisto, afinal eu prefiro mostrar como  economizar viajando e não como jogar dinheiro fora viajando.

Agora resta conseguir hospedagem no período maior em  Lisboa e nas cidades de Munique e as outras que decidir visitar no leste europeu.  Certamente sites como o easyquarto.com.pt serão ótimas fontes para encontrar um lugar adequado por um bom prêço.

Falta ainda definir este roteiro e depois comprar as passagens de trem, pois no circuito do leste europeu eu pretendo viajar sòmente de trem  que é uma verdadeira paixão que vem desde a minha infância, pois eu pràticamente nasci no pátio da estação de Santa Cruz, na antiga zona rural da cidade do Rio de janeiro, hoje zona oeste,  quando ainda era Distrito Federal, a capital da República.

À medida que forem surgindo novidades desta nova aventura que vou experimentar com a Eliete, minha esposa, vou postando aqui e passando para todos vocês.

Um grande abraço e até a próxima postagem.